10 agosto 2015

Van Gogh "La tristesse durera toujours" ("A tristeza durará para sempre")



Eu amooooo de muita paixão, desde pequena, boa parte da arte manual. Principalmente aquelas que envolvem papel, lápis, tela, pincel e tinta. Amo desenho e pintura, e de vez em quando me aventuro a tentar fazer umas coisinhas (mas isso não significa que eu seja boa nisso, portanto não criem expectativas não, pessoas).

Um dos artistas que mais aprecio as obras é Vicent Van Gogh. E é incrível a história de vida dele. Impressionante como alguém com uma vida tão fud1d@ conseguiu pintar coisas não só belas, como representativas à sua vida. Ele também não pintava só os seus sentimentos, mas também coisas que via e achava bonita, diferente, estranho, que o afetavam de alguma forma. Um pássaro diferente, a cor da boina nova do amigo, um cara que andava armado com um chapéu estranho, tudo era motivo para ele pintar e isso é muito show!
Ele nasceu de uma família pobre, recebeu o nome do primogênito da família que morreu ao nascer um ano antes dele, nos Países Baixos. Aos 16 começou a trabalhar para um comerciante de artes, e depois para um de livro, onde se interessou muito por religião (seu pai era pastor) e ele passava mais tempo traduzindo a Bíblia do que trabalhando, então foi mandado embora. Com ajuda de um tio, ele tentou a Universidade de Teologia de Amsterdã, mas não deu certo. Tentou uma Escola Missionária na Bélgica e novamente não deu certo. Seu irmão mais novo e grande amigo, Theodore, o incentivou investir no seu dom a entrar na escola de pintura. Se apaixonou por uma prima, pediu em casamento e não foi dessa vez (é a vida, parceiro...).
Se apaixou por Clasina Maria uma prostituta alcoólatra que estava grávida e já tinha um filho. Com ela, ele conhece o Absinto e mais tarde vira alcoólatra também. Ela se tornou sua companheira, amante e modelo por um tempo. Mas devido a crise financeira e alcoolismo ela voltou para a prostituição, o que fez Van Gogh ficar bem deprimido. A família dele não a aceita e devido a esta circunstância, ele a deixa.
Mais tarde ele conhece Margot. Mais velha, rica, se apaixona, mas a família não aceita e ela tenta se matar. Ela se muda para longe, mas eles mantém contato por cartas.

(Terraço do Café em Arles à Noite e Terraço do Cafe Montmartre)

O que eu mais gosto em Van Gogh é que é possível acompanhar sua evolução. Ele começa com quadros de tons escuros, que até lembram o Barroco. Depois ele sai disso para o oposto, para o iluminado impressionismo, aquele negócio da luz do sol, etc. Durante o estudo, conhece a arte japonesa e vira adepto do Japonismo (fez no mínimo 17 obras "japonistas"), do pontilhismo, depois acho que ele ficou sem paciência de ficar fazendo pontinho por pontinho e começou a dar pequenas pinceladas (não sei se isso tem nome), depois foram pequenas pinceladas fazendo espiral, ou tudo junto e misturado... o cara era muito foda! Sem falar nos desenhos a carvão!

(Acima: 2 japonismos e única pintura vendida em vida - O vinhedo vermelho; Abaixo: Desenhos a carvão)

Em Paris, Vicent conheceu Paul Gauguin, dentre outros vários pintores. Vincent teve uma ideia de montar uma comunidade de artistas em Arles e chamou vários artistas que ele conheceu em Paris, mas só Gauguin foi, e a relação entre os dois foi ficando complicada com o tempo. Então, um belo dia Gauguin saiu de casa e foi atacado por Van Gogh com um navalha. Foi isso que fez com que ele cortasse UM PEDAÇO (sim, não a orelha inteira, apenas um pedaço) da orelha direita como "auto" castigo. Mas aí, sem saber o que fazer com aquilo, ele teve a grande ideia de dá-lo de presente a uma amiga prostituta, que ficou apavorada e chamou a polícia que o levou para o hospital todo ensanguentado. Depois disso ele desistiu da comunidade de artistas, foi internado num hopital psiquiátrico (pois o povo de Arles fez um "Abaixo assinado" afirmando que ele era perigoso para a cidade) e Gauguim voltou para Paris. Foi aqui que ele perdeu a paciência com o pontilhado. :P


Fato interessante: Existe uma história que isso tudo de ele cortar a própria orelha é mentira!! Que na verdade houve uma briga feia entre ele e Gauguin, que queria voltar de todo jeito para Paris, mas ele não queria ficar sozinho em Arles, daí Gauguin, ótimo em esgrima, atacou Van Gogh e TCHÁ!, arrancou um pedaço da orelha dele. E para o amigo não ser preso, ele disse que foi ele mesmo.. Ain, como ele era legal.. Ainda assim o misiguento foi embora e nunca mais olhou pra cara do amigo. Nem para o enterro dele foi, infeliiiiz!

Depois de toda essa confusão o irmão Theo, seu melhor amigo, vai se casar, e com medo de seu afastamento Vicent entra numa forte depressão. Ele pede para mudar do hospital Arles e ir para um asilo em Provence. No ano seguinte deixou o asilo e foi para Paris ficar mais perto do irmão e se tratar com um médico que já cuidou de outros artistas, o Dr. Paul Gachet. (o diagnóstico era epilepsia)
(Dr. Paul Gachet e Último trabalho - No portão da eternidade)

Em 27 de julho de 1890, aos 37 anos, ele dá um tiro no estômago e morre dois dias depois.

Fato interessante 2: Há grande indícios de que ele não suicidou-se! Vamos a lógica: 1. Ele mesmo foi buscar ajuda. Quem que se dá um tiro e vai buscar ajuda??? 2. Foi um tiro no estômago. Pera, se você fosse se matar você daria um tiro no estômago??? 3. O tiro foi enviesado, não o atravessou e não foi a queima roupa... oi?! 4. Cadê a arma??
Dizem também que alguns materiais de pintura e telas sumiram, e que próprio Van Gogh teria dito a polícia que foi ele mesmo, para que ninguém fosse preso e ele morresse, como se fosse uma espécie de auto punição, como se não desejasse morrer mas já que estava na iminência da morte deixou-se ir, devido às dificuldades da vida como falta de dinheiro, vida amorosa e carreira fracassadas, amigo que o deixou, doença, alcoolismo.

(René Secretan - Suposto assassino)

Fontes: abiografiadovangogh.blogspot.com.br
pt.wikipedia.org
www.wikiart.org
www.seuhistory.com

P.S.: Se vc está fazendo um estudo não se atenha apenas ao que escrevi. Isso é só um resumo baseado numas lembranças que tive e resolvi postar aqui porque gosto muito. Pesquise mais nas fontes que olhei para ter algo mais fiel para vocês. Procurem outras fontes também. Quanto mais melhor. ;)

Espero que tenham gostado.
Bjinhos...

Teste de Rodapé 1